Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O que é e para que serve a Radiofrequência?

Quinta-feira, 28.06.12

 http://mstyle.comunidades.net/

O que é e para que serve a Radiofrequência?

A Radiofrequência é o conjunto de radiações electromagnéticas que oscilam simultaneamente no campo eléctrico e magnético.
Trata-se de um sistema terapêutico já bastante conhecido na medicina ( nomeadamente no campo da cirurgia), mas só recentemente aplicado à estética. As ondas de rádio são radiações electromagnéticas com comprimento de onda maior e frequência menor do que a radiação infravermelho.
A radiofrequência aplicada à estética baseia-se na capacidade de aplicar energia de uma forma selectiva nas camadas profundas da pele e nas camadas sub-dérmicas, protegendo simultaneamente a epiderme de forma a combater rugas, celulite, gorduras acumuladas e acima de tudo a flacidez.
A Radiofrequência utiliza radiações eletromagnéticas de alta frequência, que conserva o efeito da conversão em calor e é absorvida pelos tecidos da pele. A onda atravessa os tecidos adjacentes aos elétrodos como corrente de condução e produz aumento de temperatura, promovendo vasodilatação e melhoria da circulação sanguínea a partir dos 40ºC, alcançando o limite máximo de 42ºC. O tratamento é indicado tanto para o rosto como para o corpo, e apresenta bons resultados para flacidez, diminuição de edemas e redução de gordura localizada. Há excelentes resultados em abdómen pós-parto.
As ondas de calor diminuem a viscosidade dos líquidos e proporcionam aumento de colágeno. Além disso, existe efeito analgésico, por conta da estimulação do calor nos nervos aferentes e reduz edemas na pele. Os resultados da técnica, assim como outros tratamentos estéticos, aparecem gradualmente e a pele pode ficar avermelhada por alguns dias após a aplicação.
A radiofrequência e os tons de pele
Quando comparado com outros tratamentos com fins e procedimentos semelhantes, a radiofrequência sai claramente a ganhar no que concerne à relação entre tons de pele e resultados, uma vez que para além deste tratamento poder ser realizada por qualquer tipo de pele, os resultados são, na generalidade dos casos idênticos, quer tenham um tez mais clara ou escura.
Contra-indicações da Radiofrequência
A radiofrequência pode ser realizada por todas as pessoas, independentemente da idade e sexo, todavia este tratamento é contra-indicado para portadores de pacemakers, pessoas com problemas cardíacos, mulheres grávidas e nos casos em que as zonas a tratar tenham algum tipo de problema, nomeadamente problemas de pigmentação.
Caso não se enquadre em nenhuma das situações préviamente descritas e pretenda realizar um procedimento estético cómodo e seguro para o tratamento da celulite, gordura localizada e flacidez corporal, a radiofrequência é o tratamento indicado para si.
Que áreas se podem tratar com radiofrequência?
Na generalidade dos casos, quem faz radiofrequência opta inicialmente por tratar os glúteos, ancas, coxas e abdómen, bem como as áreas circundantes, uma vez que estas são tradicionalmente as zonas que maior celulite e gordura localizada acumulam.
Áreas como os braços, pernas, face, queixo e mãos também são também muito tratadas, dado o efeito de lifting não cirúrgico que a radiofrequência pode ter nestas zonas.
Porque oscilam os resultados da radiofrequência em certas áreas do corpo?
Os resultados deste tratamento poderão oscilar segundo diversos factores, nomeadamente a amplitude das zonas a tratar, bem como o estado destas, queremos com isto dizer que áreas mais amplas e que são tradicionalmente acumuladoras de gordura e celulite, como são exemplo as pernas, deverão apenas apresentar resultados numa fase mais tardia do tratamento ao contrario de outras áreas, mais localizadas e com menos celulite e gordura.
Quanto tempo dura o tratamento?
Depende do tamanho da área tratada, o procedimento pode demorar de alguns minutos a uma hora.
Quando pode o paciente voltar às atividades normais?
Pode retomar as atividades normais imediatamente. Uma pequena vermelhidão pode ser vista em alguns pacientes mas normalmente desaparece logo depois do tratamento. Complicações do aquecimento podem ocorrer mas são raras. Não há cuidado especial que seja necessário após o tratamento. Protetor solar é recomendado.
Quando aparecem os resultados?
Os resultados aparecem gradualmente de 2 a 6 meses, embora alguns pacientes obtenham uma resposta mais cedo. O resultado esperado é uma pele mais firme, que vai surgindo de dentro para fora.
Quatro meses após a realização do tratamento de radiofrequência, há a deposição de um novo colageno, mais denso, e um aumento apreciável na espessura da epiderme.
Quantas sessões são necessárias?
Uma única sessão pode produzir bons resultados, no entanto, apenas o técnico poderá avaliar o número e frequência de tratamentos requeridos, que depende da gravidade do caso e é específico para cada paciente.
Quanto tempo duram os resultados do tratamento?
Como todos os tratamentos de envelhecimento, o resultado também sofrerá a ação do tempo e novas aplicações podem ser feitas, se necessárias, e de acordo com a avaliação do técnico.
Este tratamento é seguro?
O procedimento é muito seguro. A ocorrência de pequenos danos à pele é raríssima. O tratamento foi estudado cuidadosamente em centenas de pacientes nos EUA e Canadá gerando relatórios que mostram mínimos efeitos adversos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por mstyle - Instituto de Beleza às 14:08





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Junho 2012

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930